GIVEAWAY – Queres ganhar um livro?

Ter atitude mental para o sucesso é fundamental para qualquer empreendedor e empreendedora. Por isso, estou a sortear 1 dos melhores livros que já li neste tema.

Passa no instagram do Diário de um Empreendedor e sabe como podes ganhar.

Post do Instagram onde falo no livro:

📚 Quinto livro de 2021: “Mindset – A Atitude Mental para o Sucesso” de Carol S. Dweck.

Começo por dizer que há livros que nos marcam… Lembro-me de vários desde que era criança dos quais destaco “O Agosto que nunca esqueci” de António Mota, “O meu Pé de Laranja Lima” de José Mauro de Vasconcelos ou o “Gato Malhado e Andorinha Sinhá” de Jorge Amado, entre muitos outros possíveis.

Enquanto empreendedor, vários livros me marcaram mas já tive oportunidade de partilhar que os dois melhores livros que li até hoje foram o “How to win friends and Influence People” de Dale Carnegie e “Pense e Fique Rico” de Napoleon Hill.

Este livro é mais um livro que me marca e define, neste momento, o meu top 3 de livros para empreendedores.

Curiosamente, durante muito tempo, este adormecido na estante porque atribuí ao título “Mindset” uma conotação negativa. Fiz um julgamento errado, avaliando o livro pela sua capa…

Não me arrependo de o ter lido mais cedo porque, depois de ler o livro, sei que tenho uma Atitude Mental Progressiva e, por isso, sei que li na altura certa 😅

No entanto, este não é “apenas” um livro para empreendedores… Este é um livro completo e completamente direcionado para TODAS as pessoas:
✅ Pais e filhos
✅ Casais
✅ Professores e alunos
✅ Treinadores e Atletas
Empreendedores, Líderes, Chefes, Colaboradores
✅ Pessoas em geral

Um dos melhores livros de sempre… E, por esse mesmo motivo, amanhã lançarei uma surpresa. 😉

#leitura #literatura #mindset #atitude #atitudementalprogressiva

CLUBE 637 (Grupo exclusivo)

No início do ano, enquanto definia os objetivos para o ano de 2021, pensei em várias formas de procurar acrescentar valor aos nossos clientes e a todos que seguem este blog. Desde que criei o blog em março de 2020 até agora, os objetivos mantiveram-se sempre alinhados com uma palavra principal: Partilha.

Com este blog procuro partilhar conhecimento e conteúdo, partilhar dicas e ferramentas, partilhar apoios e incentivos, partilhar.

2020 foi um ano difícil para todos e 2021 avizinha-se desafiante. Por isso, mais do que nunca, não podemos parar de partilhar.

Com isto em mente, surgiram duas ideias centrais, uma das quais já deves conhecer:

O Programa de Mentoria 1212 deves ter tido oportunidade de conhecer neste artigo. No entanto, com vista a fazer jus à palavra PARTILHA, para além dos 12 empreendedores vencedores, todos os inscritos no programa irão usufruir de conteúdo 100% gratuito e 100% online nos próximos 12 meses. Se ainda não te inscreveste, ainda vais a tempo de o fazer aqui.

Falta, então, conheceres o CLUBE 637.

O que é o CLUBE 637?

O CLUBE 637 é um clube privado e exclusivo de empreendedores com um triplo propósito:

  • PARTILHA de Conhecimento
  • PARTILHA de Experiências
  • PARTILHA de Contactos

Neste grupo irão ser partilhados conteúdos semanalmente em várias áreas ligadas com Empreendedorismo, Gestão, Marketing, Vendas, entre muitas outras.

Adicionalmente, todas as 6ª feiras às 6h37 (horário Portugal Continental), todos os membros vão ter oportunidade de assistir e participar no evento em direto que terá, regularmente, convidados adicionais.

Caso queiras saber mais detalhes, envia um email para ola@diariodeumempreendedor.pt.

Solopreneur: Quem são os Empreendedores a Solo?

Já ouviste falar no termo Solopreneur? Sabes o que é?

Se nunca ouviste ou não sabes o que é o “empreendedor a solo”, não te preocupes. É um termo relativamente recente mas que tem vindo a crescer significativamente ao longo dos anos. Para além de te dar a conhecer o conceito de Solopreneur, vou partilhar contigo porque acredito que esta será uma das principais fontes de trabalho do futuro, se não mesmo a principal.

O que é um Solopreneur?

Solopreneur é um acrónimo, em inglês, formado pela palavra “solo” e pelo sufixo da palavra entrepreneur (empreendedor). É um termo utilizado para definir uma pessoa que abre e desenvolve um negócio sem sócios e/ou funcionários.

via GIPHY

O crescimento do Empreendedorismo a solo em todo o mundo

Este é um termo recente mas que está a crescer a um ritmo acelerado por todo o mundo. O Global Entrepreneurship Monitor (GEM), provavelmente o maior e mais importante relatório sobre empreendedorismo em todo o mundo, começou a incluir este conceito no seu relatório de 2019. A decisão de incluir solopreneurs no relatório é muito significativa, porque tanto a pesquisa académica quanto a formulação de políticas sobre empreendedorismo e ecossistemas empreendedores, têm historicamente focado em empresas criadoras de empregos e startups escaláveis.

E, na verdade, a maior parte dos estudos académicos tem ignorado empresas sem colaboradores como contributo para a economia apesar de, um pouco por todo o mundo, serem fundamentais no ecossistema. Nos Estados Unidos da América, por exemplo, em 2018 estas representavam 81% de todas as Micro e Pequenas empresas e dão emprego a 17% dos Americanos (segundo estudo da Reserva Federal Americana – Fed). No Brasil, segundo a GEM, 53% dos empreendedores brasileiros atuam por conta própria (sem cofundadores, funcionários ou previsão de contratação). Em Portugal, apesar de não existirem dados oficiais, se pensarmos no peso que as microempresas representam no tecido empresarial (aprox. 94%) chegaremos a conclusões similares.

Com o crescimento de redes sociais e criação de profissões (praticamente) inexistentes há 10 ou 20 anos atrás, surgem negócios a solo. Se pensarmos nos Influenciadores Digitais, Criadores de Conteúdo, entre muitos outros que atuam no mercado digital, facilmente percebemos o impacto do Empreendedorismo a Solo no mercado de trabalho.

Desafios do Empreendedorismo a Solo (Solopreneur)

Falar de Empreendedorismo é, inevitavelmente, falar de risco. Quer seja a solo quer seja com colaboradores e/ou sócios, os riscos existem e fazem parte do caminho. O problema principal não está relacionado com o risco porém… O problema principal está inteiramente interligado com a forma como lidamos com esse mesmo risco tanto na nossa vida profissional mas, sobretudo, na vida pessoal.

Apresento-te os 3 principais riscos para os Solopreneurs (Empreendedores a Solo):

1. Incerteza a nível financeiro

Será que vou ter dinheiro no final do mês para pagar as contas?

Pergunta que milhões de empreendedores por todo o mundo fazem a si mesmos

via GIPHY

A preocupação inerente à incerteza financeira é, muito provavelmente, a que mais afeta os solopreneurs (e os empreendedores no geral). Especialmente quem está a começar, tem uma maior instabilidade de receitas fruto do desconhecimento do mercado e início de carreira empreendedora que são, naturalmente, normais. Ter planeamento financeiro e controlar as finanças são duas coisas fundamentais para o sucesso mas é igualmente importante que não te massacres demasiado no problema e procures soluções para aumentar os teus rendimentos.
Procura atingir e diversificar clientes, apostar na comunicação da tua marca ou oferecer conteúdo de forma gratuita para acelerares a confiança no teu trabalho. Existem milhares de opções possíveis que podes utilizar para evitar a incerteza financeira mas o mais importante é conseguires manter a sanidade mental e acreditares que és capaz.

2. Excesso de trabalho (ou o seu contrário)

Muitos empreendedores sofrem com o excesso de trabalho ou a falta dele. Quanto mais trabalho temos, maior é o nosso stress e, consequentemente, menos eficientes seremos a não ser que saibamos planear, definir prioridades e “desligar”. O excesso de trabalho é bom! Se o soubermos gerir… E é bom porque significa que temos muita procura. No entanto, é importante que saibamos gerir o mesmo e definir timings de concretização das tarefas/trabalho para evitarmos problemas graves como o burnout.

Pelo contrário, a falta de trabalho afeta a grande parte dos empreendedores, em particular os solopreneurs por um motivo principal (o 3º motivo que a seguir te apresento). É importante que consigas perceber que nem os clientes, nem muito menos o sucesso, surgem de um dia para o outro. É preciso muito trabalho e dedicação até atingir os resultados que esperas.

3. Solidão Empresarial

A vida profissional da maioria dos solopreneurs é solitária por definição. O silêncio que ecoa nas nossas mentes, fruto de um trabalho sozinho, pode ser ensurdecedor. Para combater essa solidão, é importante ter técnicas e escapes, designadamente criando eventos sociais, fazendo networking, participar em formações e aulas ou encontrar amigos para praticar exercício. Existem tantos empreendedores a solo no mundo que apesar de poderes trabalhar sozinho não estás definitivamente sozinho. Se precisares de conversar ou tirar dúvidas, não hesites. Sabes onde me encontrar ;)!

Principal fonte de trabalho do futuro?

O mundo está a mudar a uma velocidade louca. Novas formas de trabalhar já transformaram as indústrias de entretenimento, media e jornais/revistas, e o mesmo está a acontecer em muitos outros setores – do transporte ao turismo, das finanças à educação.

Bens e serviços estão a tornar-se mais acessíveis rapidamente e mais baratos. O digital e a evolução, vieram revolucionar o trabalho, tornando-o mais disponível do que nunca, de uma maneira completamente diferente ao que já podíamos ter visto no passado. Em vez de um emprego de um empregador, os trabalhadores agora têm vários empregos ao mesmo tempo que se originam em vários lugares e vêm em muitas formas e tamanhos. Inúmeras fontes de renda e a capacidade de aumentar ou diminuir de acordo com o tempo e as necessidades tornaram-se uma característica crescente de nossa economia.

Para atingir todo o potencial dessa mudança emergente, os políticos devem ter uma compreensão mais abrangente e menos monolítica e começar a moldar soluções que reflitam essa nova realidade do trabalho.

Tal como existem hoje profissões que não existiam há 10 ou 20 anos atrás, nos próximos anos vão existir profissões que ainda não existem hoje. Segundo a Forbes, até 2027 mais de 50% da força de trabalho dos Estados Unidos da América vai ser composta por freelancers/soloproneurs.

Por isso, está na hora de nos prepararmos para esta nova realidade. Concordas?

Aconselho leitura dos seguintes artigos sobre este tema:

Nossa Liderança de todos os dias

Quando falamos em liderança, a atenção volta-se apenas aos profissionais que são gestores de uma equipa e nos esquecemos de que todos nós, somos líderes de nossas próprias vidas. Hoje em dia a liderança dá luz ao significado de ser um agente de mudança, alguém capaz de impactar sua própria realidade como a de outros. O quanto você está disponível para impactar a sua própria vida?

Ser líder, portanto, é saber quem você é, o que quer e como traçar seu plano para o alcance dos seus objetivos, o que exigirá um forte autoconhecimento que servirá como base para estruturar seus planos e agir.

Já deve então ter percebido que, neste artigo, vamos sair um pouco do tema de liderança de equipas e nos focar na autoliderança. E já vale ressaltar que um bom líder não se preocupa com seu status ou sua fama de liderança. Preocupa-se principalmente com o que pode criar, como pode melhorar seus resultados e a si mesmo, como pode motivar e inspirar as pessoas ao seu redor – e é uma prática diária.

A jornada do crescimento, da liderança e do sucesso começa pelo lado de dentro, por isso o líder que deseja influenciar pelo exemplo tem, em primeiro lugar, o grande desafio de liderar a si mesmo, conquistando o equilíbrio em sua vida pessoal e profissional.

Antes de inspirar, motivar, amar e servir aos outros, é preciso que o líder faça-o a si mesmo. A base da autoliderança se chama disciplina, principalmente porque dedicar tempo para pensar em si não é natural em nossos dias.

Nossa dinâmica de vida nos envolve de tal maneira, que se não estivermos firmemente determinados a dedicar tempo a nós mesmos e se não nos disciplinarmos para praticá-la, a autoliderança dificilmente será uma prioridade. É preciso driblar a falta de tempo e estabelecer momentos de calmaria, reflexão, concentração e introspecção.

Para desenvolvê-la é necessário que você esteja disposto a enfrentar um processo de aprendizado constante, apoiado em outras habilidades essenciais, como por exemplo:

– Praticar a autoresponsabilidade;

– Investir no autoconhecimento;

– Ser disciplinado;

– Estar aberto ao aprendizado constante

Podemos concluir então que, a autoliderança transforma você em um líder de excelência. Ela ajuda a explorar melhor suas habilidades, confere estabilidade emocional e resiliência para encarar os desafios, além de garantir mais segurança no momento de tomar as decisões. Tudo isso gera impactos diretos em seu negócio, tornando você uma figura inspiradora e um exemplo a ser seguido.

O quanto você está disposto a ultrapassar suas inseguranças pessoais e desenvolver estas habilidades para ser um empreendedor de sucesso?

Artigo escrito pela convidada:

Mariana Lopez

Mariana Lopez é ítalo-brasileira, há 2 anos em Portugal, psicóloga com especialização em Gestão e Desenvolvimento de Pessoas e em Coach de vida, carreira e lideranças.

São 17 anos de experiência na área de Pessoas, com atuação sólida em grandes Companhias com Gestão de Recursos Humanos e desenvolvimento de carreiras e lideranças.

Email: mariana@marianalopez.pt

Website: marianalopez.pt

 

Mentoria Gratuita durante 12 meses

A mentoria para negócios é, cada vez mais, uma ferramenta importante para o sucesso dos empreendedores. Através da mentoria, os empreendedores obtêm conhecimento de pessoas com mais experiência ou conhecimento técnico sobre as áreas críticas do empreendedorismo: os mentores.

Qual o papel do Mentor?

A palavra Mentor vem do latim “Mentor” e do grego Méntor, antropónimo (amigo e conselheiro de Ulisses na Odisseia). Segundo a definição do dicionário Priberam da Língua Portuguesa, um mentor é:

  1. Pessoa que, pela sua sabedoria ou experiência, ajuda outra como guia ou conselheiro;
  2. Pessoa que inspira outros.

Na prática, um mentor deve ser um guia que usa da sua vivência para dar os melhores conselhos e direções. 

O que é Mentoria para negócios?

A mentoria para negócios é uma ferramenta muito útil para empreendedores e negócios. Porquê? Porque consiste na partilha de experiência e conhecimento por parte de um mentor.

Na prática, o foco do trabalho do mentor é ajudar os empreendedores a atingirem os seus objetivos. É importante ressaltar que o mentor não irá fazer o trabalho pelos empreendedores mas sim, irá guiar o empreendedor nos caminhos que este deve seguir.  

No fundo, o mentor é um conselheiro que ajuda empreendedores a definir ou ajustar objetivos de desenvolvimento do negócio, identificar recursos, estabelecer novos contatos, entre outros. Com este programa, terás alguém a teu lado que já passou pelas dificuldades que estás a sentir, que já cometeu erros e sentiu o falhanço de perto, podendo ajudar-te a reduzir erros e gastos desnecessários.

Por isso, se…

       ✅  Procuras alguém que te motive? 

       ✅  Tens dúvidas sobre como alavancar o teu negócio?

       ✅  Ambicionas desenvolver competências como gestor?

       ✅  Queres validar as tuas ideias?

Então o Programa de Mentoria 1212 foi feito para ti! 👊

Neste Programa, 12 empreendedores  irão receber:

      ✅  Conhecimento Técnico: conhecimento sobre empreendedorismo, gestão, inovação, liderança, economia e contabilidade, entre muitos outros;

      ✅  Validação do modelo de negócios e ideia: apoio na compreensão do modelo de negócios e conhecimento de mercado de atuação;

      ✅  Experiência e desenvolvimento pessoal: irás aprender com alguém que já passou pelas dificuldades pelas quais estás (e irás) passar, e que irá partilhar contigo a sua experiência para o teu desenvolvimento;

      ✅  Acesso a recursos e ferramentas: os recursos das empresas são limitados, em particular o tempo. Por isso, é fundamental otimizar recursos e utilizar ferramentas que te permitam ser mais eficiente e poupar recursos;

      ✅  Contactos e networking: acesso a uma vasta rede de contactos do mentor que te poderão abrir portas para alavancar o teu negócio.

E tudo isto, 100% Gratuito durante 12 meses  para 12 empreendedores!

Inscreve-te aqui até ao próximo dia 20/01/2021!

Candidaturas Abertas ao Programa de Apoio à Produção Nacional

O Programa de Apoio à Produção Nacional conta já com candidaturas abertas para várias zonas do país.

Este incentivo tem aplicação em todo o território nacional continental, sendo as candidaturas geridas pelas Comunidades Intermunicipais (CIM) ou áreas metropolitanas no caso de Lisboa e Porto. Ao Programa de Apoio à Produção Nacional, podem candidatar-se Micro e Pequenas Empresas, ligadas a diversos setores de atividade desde a indústria ao turismo.

Todo o detalhe do programa pode ser consultado neste link: PME INCENTIVOS

5 Ferramentas para ganhar tempo

O tempo é um recurso escasso. Todos temos apenas 24 horas disponíveis em cada dia e, abatendo o tempo que estamos a dormir ou a comer sobra-nos uma média de 14 horas. Se a este tempo retirarmos o trabalho, o tempo nas redes sociais, as viagens casa-trabalho e trabalho-casa, entre muitos outros, então o tempo “evapora-se”!

Por isso, partilho contigo 5 ferramentas que utilizo e que me permitem “ganhar tempo” sendo mais eficiente, evitando distrações e potenciando os resultados.

Esta dica foi partilhada no Instagram do Diário de um Empreendedor. Aproveita para seguir para veres em primeira mão mais dicas.

1. Asana

O Asana é uma ferramenta para gerir tarefas, organizar trabalho e definir tempos de concretização.

O Asana permite organizar melhor o tarefa através da criação de projetos que podem ser partilhados com outros elementos da equipa. Desta forma, todos sabem o que têm a fazer e quando devem terminar estas tarefas.

Sabe mais em www.asana.com.

2. Canva

Ferramenta de design para criação de conteúdo para redes sociais (e não só).

Através do Canva.com, podes criar conteúdo com design apelativo de forma rápida e eficaz, desde logotipos, posts em diversos formatos, vídeos, entre muitos outros.

Acima podes ver uma imagem ilustrativa de um conteúdo criado nesta ferramenta. Pontualmente, e a para conteúdos específicos, acabo por utilizar photoshop ou illustrator para maior personalização. No entanto, não tenho qualquer formação. Com esta ferramenta não é necessário muito talento já que existem milhares de templates disponíveis que te irão ajudar na criação de conteúdo.

Experimenta e sabe mais em www.asana.com.

3. Hootsuite

O Hootsuite é uma ferramenta para automatização de posts nas redes sociais.

Podes agendar publicações (até 30 na versão gratuita) em qualquer rede social (até um máximo de 3 na versão gratuita), ganhando muito tempo neste processo.

Já li alguns artigos online que dizem que a automatização via qualquer ferramenta externa como hootsuite afeta negativamente o alcance das publicações, reduzindo significativamente. Acredito que seja verdade. No entanto, o tempo que perderia a colocar cada post, manualmente, no instagram, não seria comportável para os objetivos que defini. Por isso, apesar de ter noção da potencial perda de alcance, continuo a achar que faz mais sentido criar bom conteúdo em pouco tempo já que os resultados provavelmente compensarão as potenciais perdas de alcance.

Faz sentido?

Existem várias ferramentas a este nível, sendo que atualmente utilizo hootsuite (como podes ver na imagem acima) e e-goi (versão paga).

Experimenta e sabe mais em www.hootsuite.com.

4. Removebg

Alguma vez tentaste tirar aquele fundo daquela imagem e não sabias como?

Existem várias formas, inclusive o próprio canva.com que tem essa funcionalidade na versão paga mas, o remove.bg é gratuito e funciona muitooooo bem.

O processo é muito simples, rápido e eficiente. Para ser melhor, só se melhorasse o modelo acima 😂!

Experimenta em www.remove.bg.

5. Forest (App)

A App Forest é uma interessante aplicação para telemóvel que permite maximizar o foco e concentração.

Muitas vezes, a razão principal para a não otimização do nosso tempo passa pela perda de foco e concentração. Tendemos a gastar muito tempo nas redes sociais, inclusive durante o horário normal de trabalho. Com a aplicação forest, podes evitar distrações quer no trabalho quer na tua vida pessoal para estares mais presente (a 100%).

screenshot

Experimenta em www.forestapp.cc.


Já conhecias ou utilizavas alguma destas ferramentas?

Escreve abaixo nos comentários e faz-me chegar as tuas dúvidas!

Bem-vindo (finalmente) 2021

Bem-vindos a 2021 empreendedores e empreendedoras!

O meu principal desejo para o novo ano é que este seja um ano repleto de sucesso para todos e que todos os vossos objetivos e metas definidos sejam atingidos.

Todos sabemos que 2020 foi um ano desafiante a todos os níveis… Desafios, obstáculos e perdas marcaram este ano mas, como otimista que sou, sei que aprendemos muito com este ano que passou.

É na adversidade que crescemos e, por isso, cabe agora refletir e planear.

Objetivos para 2021

No final de cada ano, dedico tempo a refletir e planear o ano que aí vem e, apesar de 2020 ter sido um ano atípico, não perdi a tradição.

O ano passado defini 31 objetivos e concretizei apenas 12. Poderia culpar as circunstâncias e outros fatores externos a mim mas, na realidade, o único culpado fui eu por não ter tido a disciplina e consistência necessária para os cumprir.

Conheço toda a teoria de definição de objetivos, teoria essa que aplico na minha profissional e junto dos nossos clientes. E a teoria diz-nos para não termos demasiados objetivos pela elevada probabilidade de perdermos o foco. No entanto, fui contra tudo o que acredito, procurando desafiar-me como nunca.

Moral da história: não funcionou.

Por isso, para o ano de 2021 defini 7 objetivos principais que vou, de seguida, partilhar contigo.

1. Ler ou ouvir 30 livros

A leitura é fundamental para quem procura desenvolver-se pessoal e profissionalmente. Quando desenvolvemos o hábito da leitura, independentemente do tipo de leitura que estivermos a falar, desenvolvemos e apuramos o nosso sentido crítico e a nossa forma de ver o mundo.

Em 2021, irei ler ou ouvir, pelo menos, 30 livros, em particular em temáticas que mais procuro como desenvolvimento pessoal, gestão, liderança e finanças.
Tenho alguns já pensados para ler, sendo que comecei o ano com a leitura do livro “O Cisne Negro” do autor Nassim Nicholas Taleb.

2. Alcançar a meta de 2.000 seguidores no Instagram

Já segues o instagram do diariodeumempreendedor.pt?

Se ainda não, podes seguir para me ajudares a atingir o objetivo 😅 !

Ao longo do ano de 2020, fui perdendo disciplina na criação de conteúdo. Defini objetivos que não cumpri a este nível mas não vou voltar a falhar na consistência.
Na verdade, a consistência é a mãe de todos os objetivos e concretizações já que, sem ela, nada conseguimos. E no que diz respeito às redes sociais e criação de conteúdo, esta afirmação não é exceção.

Manter a consistência nas publicações e na qualidade do conteúdo é o caminho para aumentar o número de seguidores. E para este ano, defini os seguintes objetivos:

  • Criar 312 posts
  • Criar 26 “Dicas de um minuto”
  • Criar 26 artigos escritos
  • Lançar a 2ª temporada da série “Escreve a tua História” com 10 episódios

Dá uma vista de olhos na página do Instagram e começa a seguir-me.

3. Alcançar a meta de 1.000 subscritores no Youtube

Há alguns anos que penso em criar um canal do Youtube para abordar temáticas como a Gestão, Empreendedorismo e Liderança mas apenas em 2020 decidi dar esse passo.

Em 2020, avancei com 2 séries no Youtube:

Em 2021, vou partilhar mais conteúdo de valor, ficando prometida a 2ª série do “Escreve a tua História”, retomar podcasts e estou a estruturar mais vídeos e conteúdo para partilhar.

Já segues o canal?

4. Mentoria Gratuita a 12 empreendedores, durante 12 meses

Ao longo dos últimos anos que trabalho em consultoria, tenho vindo a dedicar-me a trabalho de Mentoria quer com empreendedores quer com jovens e adultos que o tencionam ser.

A mentoria desempenha um papel importante no desenvolvimento pessoal e profissional dos mentorandos e é um trabalho de elevada exigência e responsabilidade. Um mentor procura apoiar e ajudar o mentorando no seu desenvolvimento profissional e pessoal, através da partilha bilateral de experiências e conhecimento. Saber ouvir e fazer as questões certas são dois dos principais passos.

Acredito que ninguém nasce empreendedor ou gestor. Apesar de algumas pessoas poderem “nascer” com determinado tipo de qualidades e competências, a verdade é que todos nós podemos trabalhar para lá chegar. E o papel de um mentor é precisamente ajudar neste desenvolvimento…

Por isso irei mentorizar 12 empreendedores de forma 100% GRATUITA durante os próximos 12 meses.

Se queres saber como te podes candidatar à Mentoria gratuita, basta clicar na imagem abaixo:
Mentoria Gratuita 1212

5. Acordar às 6h30 todos os dias e criar uma rotina matinal

Durante aproximadamente 10 anos fui nadador federado. Enquanto nadador federado, tinha treinos duas vezes por dia, de manhã e de tarde, estando habituado a levantar-me cedo. 🏊

Muito provavelmente por ter criado essa rotina, sempre que tinha de estudar na escola ou, agora, quando tenho de trabalhar em algo, preferia/prefiro fazê-lo o mais cedo possível por render mais. No entanto, nunca acordei um ano inteiro às 6h30 da manhã e nunca tive uma rotina matinal fixa que, de forma consistente, tenha aplicado durante um grande período de tempo. E a verdade é que o objetivo da rotina matinal é mais importante do que o “simples” acordar às 6h30 já que o hábito/rotina é o que realmente importa. 💪

Ter rotinas e consistência permite alavancar resultados. E é isso que busco: resultados e excelência.

Em breve partilharei contigo a minha rotina matinal. E tu, tens alguma?

6. Dinamizar 6 workshops gratuitos

Ao longo dos últimos anos a minha empresa (Macro Consulting) tem sido parceira da Cidade das Profissões na dinamização de formações e workshops para dezenas de pessoas.

Apesar de não ter presente o número exato de pessoas que assistiram através deste canal, atrevo-me a dizer que serão mais de 750 pessoas. Mas isso não chega. Queremos chegar a mais pessoas e criar mais impacto! 🚀

Por isso, em 2021 iremos dinamizar pelo menos 6 workshops 100% GRATUITOS sobre temáticas relacionadas com a Gestão e Empreendedorismo.

Sendo isto para ti que estás aí desse lado, pergunto-te:

  • Que temas específicos gostarias de ver abordados nestes workshops?

7. Correr os 21km (e em menos de 2 horas)

Em 2019, uma das minhas resoluções foi “começar a correr”. Nesse mesmo ano, corri os 10km num tempo que superou as minhas expectativas (50’34) mas, nessa mesma corrida, sofri uma pequena lesão que me fez parar durante algum tempo.

Em 2020, defini que queria correr a meia maratona mas não alcancei esse objetivo.

Por isso, este ano não vou falhar. Em 2021, vou correr os 21km, seja numa prova oficial seja como desafio pessoal, e terá de ser abaixo das 2h00.

Quem me acompanha neste desafio?